O que é IPO e Follow On?

Quando uma empresa quer colocar suas ações a venda na bolsa, existe um processo todo para que ela seja "listada" - ou seja, para que apareçam as ações dela para serem negociadas na bolsa. Esse processo, chamado IPO (Initial Public Offer), funciona assim:

A empresa contrata uma instituição que a avalia para ver se ela preenche os requisitos necessários pra entrar na bolsa, além de ver qual o valor ideal pra vender a ação, quantas ações devem ser vendidas, etc... Essa instituição pode ser um Banco de Investimento, uma Distribuidora ou uma Corretora de Títulos e Valores Mobiliários. Depois dessa análise, a empresa entra efetivamente na bolsa, abre seu capital e lança suas ações a venda.

É importante destacar que esse processo se dá apenas na primeira vez que a empresa está colocando ações na bolsa. Quando ela já está listada na bolsa o processo se chama Follow On.

Outro detalhe importante é que tanto o IPO quanto o Follow On pode ser feito em mercado primário e secundário. Por exemplo, a empresa pode, num IPO, vender ações que já existem e estão no domínio de um acionista; de igual forma, a empresa pode, numa operação de Follow On, colocar novas ações a venda.

Portanto, resumindo:
  • IPO - quando a empresa está abrindo o capital, ou seja, entrando na bolsa;
  • Follow On - quando a empresa que já tem seu capital aberto lança mais ações na bolsa.
Paztejamos

Nenhum comentário:

Postar um comentário