Introdução

Essa introdução são EXATAMENTE as notas de aula que todo mundo tira xerox (ou o que eu consegui entender do meu xerox - o que eu não entender eu boto uma linha pontilhada assim '..................').
  • Fernando Henrique Cardoso: sociólogo neoliberal.
    • cursos que cresceram em seu mandato: medicina, direito, administração.
  • Ciência: algo que tenha um objeto de estudo bem elaborado.
  • Administração: gerenciamento de recursos humanos materiais e financeiros COM EFICIÊNCIA MÁXIMA.
  • Brasil: país subdesenvolvido e capitalista.
  • Capitalismo: objetivo de lucrar ao máximo e manter o próprio mercado.
  • Características de uma sociedade capitalista:
    • ................. : existência de um mercado altamente concorrencial (onde teoricamente todos teriam as mesmas condições);
    • .....................;
    • Estado Mínimo: fornece a todos o mínimo suficiente de saúde, alimentação, segurança, moradia, educação...;
      • temos na teoria direito à saúde; na prática demora muito para ser atendido no SUS e a pessoa acaba morrendo;
      • temos na teoria direito à educação; na prática o sistema público é deficiente (baixo nível do Ensino Médio, não emprega todos os seus alunos decentemente, baixo investimento nas universidades...);
      • há fome e miseráveis (pessoas que ganham menos de meio salário mínimo) no Brasil;
      • é diferente um Estado Mínimo num país subdesenvolvido e num país desenvolvido, pois nestes o Estado Mínimo é eficaz (a pessoa deve trabalhar até os 65 anos,e há altas cargas tributárias, mas pelo menos este dinheiro é bem gasto em prol da própria população).
  • O Brasil tem um capitalismo selvagem, ou seja, poucos têm acesso ao mínimo, o capital concentra-se nas mãos de poucos e as pessoas não tem as mesmas condições -> deveríamos todos ter as mesmas chances de concorrer no mercado e de ascender socialmente, mas na prática não ocorre, então o BR não pode ser considerado Estado Mínimo pois não cumpre suas obrigações (o Brasil tem uma economia desestabilizada e um sistema sócioeconômico desorganizado e frágil).
  • Em uma sociedade capitalista, não tem sentido administrar se não for pelo lucro máximo (eficácia máxima).
  • O Brasil tem alta carga tributária, mas não compensa porque este dinheiro não é bem empregado (ambiente instável, empresas buscando sobrevivência, Estado não apoiando em nada).
  • Influência na administração: economia e liberalismo (busca pelo lucro máximo e busca de capital).
Paztejamos

Nenhum comentário:

Postar um comentário