Tipos de Seguros e Funções de Comutação

Existem vários tipos de seguros, e para cada tipo, existe uma forma de calcular os valores que se paga e que se recebe. A ideia inicial aqui é imaginar que a seguradora não tem lucro, só recebe o suficiente pra pagar o plano do seguro no final, dado uma determinada tábua de mortalidade. O lucro da seguradora é colocado depois, com as fórmulas de carregamento. Então inicialmente a ideia é que a receita da seguradora quando alguém contrata o seguro seja igual à despesa dela ao pagar o sinistro.

Dito isso, sempre partimos da fórmula "Receita = Despesa", que a partir de agora vou escrever Rec = Desp" só pra abreviar.

Os tipos de seguro se dividem em:
  • Seguros de Sobrevivência (que também são chamados de benefícios);
  • Seguros Contra Morte.
O que vocês vão perceber é que eles são sempre separados em classes cujas lógicas pra resolver são as mesmas. Essas classes todas dizem respeito ao tempo, mas cada uma em um determinado sentido. Como eu não sei se o segurado vai estar vivo no final dos períodos definidos por essas classes, as rendas e seguros calculados com base neles são chamados de aleatórios. São elas:

  1. Anual, Semestral, Trimestral ou Mensal (na literatura não se encontra Quatrimestral, mas eu vou desenvolver só de pirraça, porque acho besta dizer que não existe só porque ninguém escreveu sobre);
  2. Imediato ou Diferido;
  3. Vitalício ou Temporário;
  4. Antecipado ou Postecipado.

Paztejamos.